PALAVRAS DO PRESIDENTE ago-set-2021

PALAVRAS DO PRESIDENTE

Caros (as) Associados (as),

O SIPP 2021 foi diferente de todas as outras edições, por um significativo fator: ele foi conduzido de forma virtual, online ou remota, como acharem melhor. Foi um sucesso! No total, foram mais de 450 inscritos, sendo cerca de 80 pagantes e mais de 350 advindos dos VIPs de patrocinadores. Registro aqui o nosso agradecimento a todos que tornaram esta edição e plataforma memoráveis (tivemos inúmeros elogios pela inovação!). O SIPP 2021 contou com keynote speakers que palestraram sobre assuntos importantes para o nosso setor, entre eles certificação, compartimentação vertical e avaliação de desempenho de reação ao fogo de sistemas construtivos de fachadas. Não esquecemos também, é claro, de trazer o olhar jurídico sobre as consequências do pós-incêndio – uma visão, aliás, muito clara para nós associados, mas nem sempre tão clara para a nossa audiência, especialmente para aqueles que nunca passaram ou vivenciaram um incêndio real.

Gostaria também de pontuar que existem inúmeras iniciativas sendo conduzidas para o setor, desde inspeção predial em SCI, estudos de novas arquiteturas a favor da segurança, análises deste novo momento da proteção passiva inserida em contexto nacional e novos sistemas construtivos, como estruturas de madeira engenheirada (processada industrialmente para otimizar o seu desempenho para uso na Construção Civil) até o trabalho das empresas associadas em prol da disseminação de conhecimento. Tudo nos faz refletir sobre possibilidades, novas oportunidades, novos desafios e um futuro ainda não escrito. Sei que neste momento estamos vivenciando inúmeros desafios políticos, econômicos e socioambientais, mas em momento algum paramos de trabalhar porque acreditamos que há muito a ser feito ainda.

Por fim, acredito que teremos um fim de ano muito promissor. Quem lembra daquele slide que eu apresentei no lançamento da ABPP? Eu dizia que a oportunidade de termos somente 10% do mercado regular em segurança contra incêndio era enorme, já que 90% dele ainda estava disponível. No momento, esse percentual está em torno de 15%. Se nos próximos dois anos elevarmos esse índice para 20%, teremos dobrado o potencial do mercado de proteção passiva em pouco mais de cinco anos, além de ainda contar com 85% a ser explorado no futuro. Isso é muito estimulante! Quem vem conosco nesta missão?

Um grande abraço a todos meus amigos (as) e associados (as), com quem tenho sempre o enorme prazer de compartilhar esta jornada.